Esperanças e Ansiedades Coletivas

Em sua mais recente coluna, o sempre inspirador Contardo Calligaris relata sua tristeza despertada pela prisão de Lula. Tristeza essa decorrente do fim de uma esperança. Do “fracasso do Brasil, fracasso nosso, de todos e para todos”.

O colunista escreve: “Havia no ar uma enorme esperança, de um país menos desigual, mais digno, onde todos viveríamos melhor”.

Sofreríamos de alguma forma de ansiedade coletiva, duma desconfiança generalizada, que nos impede

Continuar a ler

Curtas

“Penso, logo existo.”

Quem dera fosse assim tão simples.

*

Tem dias que eu vejo uma pessoa passando na rua e o coração dá um nó.

Não por qualquer característica que tenha, por sua pobreza ou riqueza. Ela só está passando, face de quem tem milhões de pensamentos girando.

Talvez ela seja bem feliz, e equilibre bem os pratos que lhe foram alocados nessa sua vida. Mas o peito aperta …

Continuar a ler

Ousar e voltar. E voltar a ousar.

Tem hora que dá vontade de largar tudo e sair por aí. Voando feito um grão de poeira. É fechar os olhos e imaginar todos os presentes e futuros que poderiam acontecer, caso apenas estivéssemos dispostos a nos livrar do que julgamos estar determinado por nosso passado. Na maioria das vezes, acabamos por ficar na vontade. Falta a coragem para ser um grão de poeira além de em pensamento. …

Continuar a ler

Sublime e Assustador

É bem verdade que Caraíva já muito se diferencia daquela que primeiro conheci há uns 20 anos. Aquela em que não havia ruas, apenas umas casinhas espalhadas quase que a esmo. E essas casinhas ainda eram iguais às tais pintadas pela Duca. Não tinha energia, mas não fazia muita falta porque não precisávamos carregar celulares. As décadas passaram, terrenos ficaram escassos, a eletricidade veio e ouvi dizer que às vezes …

Continuar a ler

Reflexão Claudicante

I – Aquele detalhezinho, ele mesmo

Eu não tenho / Eu não posso / Eu não sou

Mas…

Posso ter / Posso poder / Posso até ser

Eis a questão.

Lembrar que posso ter mas não tenho? Que até poderia poder, mas não posso. Que muito mesmo seria, mas não sou. E ainda assim, dar-me por contente?

O pensamento não tem limites. Pensa até Deus, mesmo que não consiga exatamente …

Continuar a ler