Liberdade?

Liberdade sempre me pareceu um valor fundamental. Não sei se o valor fundamental, claro. Conforto também é bom, mas parece que antagoniza. Cada vez que me responsabilizo por uma decisão tomada, abro mão da comodidade que teria se pudesse culpar outrem por qualquer coisa que viesse a dar errado (um alívio que, não obstante, não me impediria de vivenciar as más consequências do que quer que tenha dado errado).

A …

Anti-dinheirismo

“Seja você mesmo”. Mas e se não tenho tempo para pensar em quem sou?

Juntar dinheiro suficiente para conseguir autonomia financeira e viver como se bem entende não tem segredo: ganhe o máximo que puder e gaste o mínimo que puder. A fórmula pode até ser um pouco mais detalhada: mude para um apartamento menor e mais distante, faça compras no atacado… Tudo teoricamente simples, assim como as fórmulas mágicas …