O fim de semana, as férias e o ano sabático

Se tem uma coisa da qual tenho saudade dos meus tempos de firma é aquela sensação quase eufórica de sexta-feira à noite. Uma combinação do sentimento de dever cumprido com a consequente possibilidade de fazer absolutamente o que se quer, inclusive nada. É aquela hora de ligar o som, tomar um vinho… Permitir-se relaxar.

Depois de uns dias relaxando, aparece uma versão supostamente mais atual do superego. Aquela que